Home / Estratégia Digital /

Denis McQuail: uma vida dedicada à teoria da comunicação

denis mcquail

Denis McQuail: uma vida dedicada à teoria da comunicação

O mundo foi apanhado de surpresa quando os órgãos de comunicação social noticiaram que o professor jubilado da Universidade de Amesterdão, Denis McQuail, um dos maiores nomes das Ciências da Comunicação a nível mundial, tinha falecido aos 82 anos. O especialista, professor e comunicador partiu no dia 25 de junho de 2017.

Esta grande mente tocou todas as nossas vidas, mesmo que muitos de nós não tenhamos conhecimento do valor do seu trabalho. Ao dedicar toda a sua vida ao estudo da comunicação, e da vária forma como os media expõe as notícias e impactam a audiência, o trabalho de Denis McQuail permitiu-nos a nós, espectadores, ter um pensamento crítico ao que se faz nos media e, para estes, consciencializar acerca do valor que desempenham nas redações noticiosas.

Por essa mesma razão, senti que não podia faltar no Ecossistema Digital um breve tributo a Denis McQuail e não há melhor tributo do que relembrar as palavras que os seus filhos nos dão, recordando os últimos anos do pai.

Denis McQuail: um dos maiores especialistas das Ciências da Comunicação

A notícia de que Denis McQuail tinha falecido foi divulgada através de um comunicado publicado pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, instituição que distinguiu McQuail com a cátedra Lloyd Braga, em 2004.

“Até ao último momento, a sua mente e o seu espírito estiveram tão despertos como sempre, apesar de se debater com uma série de problemas sérios de saúde e dos efeitos devastadores da perda da nossa mãe, Rosemary, em 2014″, disse a família McQuail em declarações à Universidade do Minho.

O trabalho, revelam, nunca cessou e a sua mente dedicou-se até ao último momento às ciências da comunicação. “O pai ainda escrevinhava anotações e pensamentos na parte de trás de envelopes e em pedaços de papel relacionados com teoria académica até ao fim. Dava um enorme valor às inúmeras amizades que fez ao longo dos anos por todo o mundo”, acrescentaram. A mesma mensagem sublinha que, “quando a saúde o impedia de viajar, sentia-se bem com as novas tecnologias que lhe permitiram dar palestras à distância, via Skype, através do seu iPad”.

Nascido em Londres no ano de 1935, McQuail assinou um dos principais manuais de Ciências da Comunicação, Teorias da Comunicação de Massas, descrito pela editora da Sage como “a mais compreensiva e referencial introdução ao campo em mais de 25 anos, [que] ainda oferece uma cobertura sem igual da investigação e dos debates”. A obra foi publicada em Portugal pela Fundação Calouste Gulbenkian.

O clássico Teorias da comunicação de massa, de Denis McQuail, chega já à sua sexta edição trazendo tudo que os estudantes precisam saber sobre comunicação de massa: modelos de comunicação baseados no emissor, na mensagem e no público e as diversas formas de comunicação de massa da atualidade, incluindo televisão, jornais, filmes, música, internet e novas media. Este livro prova, mais do que nunca, que as teorias da comunicação de massa são fundamentais para uma compreensão abrangente da sociedade e da cultura.

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *