Home / Estratégia Digital /

Não sabe como atrair leads usando mídias sociais?

[rev_slider mm]

Não sabe como atrair leads usando mídias sociais?

ProfileMate

Segundo o Wikipédia, “uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilham valores e objectivos comuns. Uma das características fundamentais na definição das redes é a sua abertura e porosidade, possibilitando relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre os participantes e também relacionamentos verticais.”

Em curtos tópicos podemos mencionar alguns aspectos fundamentais para você entender este fenómeno:

As redes sociais sempre existiram antes da Internet.

A Internet imita a Vida, não é o contrário.

A Internet permitiu a criação de redes sociais virtuais com vantagens e desvantagens.

Estes novos meios de comunicação quebraram barreiras geográficas e temporais, aproximando de forma massiva grupos de pessoas que de forma física seria impossível estarem juntas.

Então, como atrair leads nas mídias sociais?

A natureza dos relacionamentos numa rede social é fundamentalmente diferente daqueles que existem numa comunidade. Nas redes sociais como o Facebook e LinkedIn, o indivíduo está no centro dos relacionamentos. Os seus amigos têm uma conexão primária consigo. Mas a conexão entre eles, ou conexão secundária, é fraca ou inexistente

Nas comunidades, o indivíduo não é o centro do relacionamento: o foco primário é o conjunto de interesses, valores, práticas e comportamentos que identificam um membro daquela comunidade. Primeiro, o indivíduo precisa de se comprometer com esse foco primário, e depois ele estabelece uma conexão secundária com outros indivíduos.

As redes sociais podem e devem ser utilizadas como um canal de comunicação com o seu público-alvo. Elas são boas para estratégias de marketing e campanhas que podem dar origem a resultados reais.

A comunicação e o marketing sofreram uma transformação e passou a ser multilateral e participativa, permitindo uma maior interacção com os seus clientes e potenciais clientes. O consumidor pode agora interagir e conhecer os seus produtos/ serviços, promoções, notícias da empresa, lançamento de novos produtos e manter-se informado sobre qualquer novidade da marca a qualquer momento ou hora do dia ou da noite.

É preciso também levar a pauta de notícias, conversar sobre as ações e o que está acontecendo na empresa. Mas isso não é o principal. E a pesquisa mostra que não é por isso que os utilizadores se inscreveram.

Por exemplo, a Coca-Cola fez um grande estudo e descobriu que as pessoas seguem marcas nas redes sociais para brindes. Todo o tipo de promoções, descontos, bônus – tudo o que tanto agrada. Ou seja, uma pessoa não se importa com o que as marcas fazem nas redes sociais. Eles vêm às redes sociais não para descobrir o que está acontecendo na vida de uma marca, mas para emoções.

As marcas nas mídias sociais devem confiar nas emoções, mas pensando mais amplamente, as marcas devem entrar nas mídias sociais AGORA para serem mais humanas. É muito difícil mostrar humanidade em outros canais, e as redes sociais são perfeitas para isso.

E-Book Empreendedores Digitais
 

Nem todas as empresas precisam de mídia social. Que todas as marcas correram para a rede social é mau. Porque elas vão lá para se mostrar, e vemos centenas de páginas ou grupos de empresas que ninguém precisa. E não é sobre a área em que a empresa atua. Veja, “Kubanzheldormash,” é uma construtora de máquina pesada, mas sua página não está apenas no ar. Existem mais de 80.000 assinantes. Aqui, em primeiro lugar, deve haver compreensão, desejo, orçamento, tempo e paciência.

Eu posso dizer imediatamente que nem todo mundo precisa de conteúdo. Dependendo das tarefas, algumas marcas nas redes sociais tem um alvo bastante claro que ajudará a orientar os utilizadores para uma aterrissagem condicional. O conteúdo de mídia social é muito caro para produzir hoje. A menos, é claro, que você não roube e faça download de fotos da Internet.

Ainda assim, eles acham que entraram na rede social, começaram uma página, escreveram uma postagem e venderam aqui e agora. Não é assim; as redes sociais são para jogar um longo jogo. Para selecionar, programar e publicar conteúdo, você pode usar serviços especiais de postagem automática.

Por exemplo, Postoplan é um sistema inteligente para automatizar postagem, planejamento e promoção de publicações. Permite agendar publicações, trabalha com diversas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, e possui 2 editores gráficos bacanas

Uma marca pode ir para qualquer rede social de seu interesse porque as ferramentas de segmentação são praticamente as mesmas em todos os lugares. Quem não sabe trabalhar com ele em alguma rede social específica.

Uma empresa precisa de um especialista em SMM legal, em primeiro lugar, um especialista em segmentação que saiba quais artes irão bem e saiba como  configurar campanhas publicitárias. É improvável que o próprio empresário entenda profundamente isso e eis porque ele precisa disso. 

Agora vamos falar sobre a pesquisa da concorrência. Esta é uma etapa crítica no desenvolvimento de uma estratégia de marca para mídia social. Analisamos seu conteúdo, o nível de engajamento, analisamos que tipo de resposta eles obtêm. Se os concorrentes não fazem nada, também pensamos – por quê?

Se a empresa já está presente no site, ao desenvolvermos uma estratégia de promoção da marca na rede social, olhamos e analisamos as atividades atuais. Em seguida, definimos os objetivos e metas e como entendemos que as metas foram alcançadas. Em seguida, pensamos em posicionamento com os concorrentes.

As 3 regras mais importantes para promover marcas nas redes sociais:

Não vá às redes sociais se não souber por que precisa.

Conheça a fundo o retrato do seu público.

Construa relacionamentos humanos – marca, seja humana!

E-Book Criar Primeiro Website
   

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *